Daniel Godri Junior
Segunda à sexta 8h30 às 18h
41 3024-2445

Falo coisas extraordinárias de maneira simples E coisas simples de maneira extraordinária!

Entre a garra e o talento.

Entre o talento e a garra opte pela garra! Se você pudesse escolher entre ter talento e ter garra, escolha ter garra!

Postado em 14/10/2020

 

Essa foi a verdade que a psicóloga Angela Duckworth descobriu através de uma pesquisa científica e que está apresentado no seu livro Garra.

 

O que essa psicóloga descobriu, e foi a sua tese de doutorado, é que as pessoas que fazem sucesso não são as pessoas mais inteligentes, não são as pessoas mais naturalmente talentosas, mas são as pessoas que têm garra.

 

Ela fez um estudo com militares de pessoas de diversas áreas e ela conseguiu prever quais pessoas fariam sucesso no futuro, independente da área que a pessoa trabalhava, ou seja, ela acompanhou as pessoas ao longo de vários anos e pôde observar o desenvolvimento dessas pessoas.

 

Ela conseguiu prever, com exatidão, quais eram as pessoas que fariam a diferença no mundo, onde elas estavam, na área que elas trabalhavam. E o que a Angela Duckworth descobriu foi que não eram as pessoas inteligentes, mas as pessoas que tinham garra, disciplina, perseverança, as pessoas que não paravam, as pessoas que aprendiam com erro, que mantinham a constância.

 

E o mais desconcertador dessa pesquisa, é que o que ela comprovou é justamente o contrário daquilo que nós acreditamos. O comum é pensarmos; “Puxa se eu tivesse o talento daquela pessoa eu faria sucesso” ou “Se eu tivesse a inteligência daquele outro eu teria uma empresa magnífica”, “Se eu tivesse a capacidade daquele escritor eu teria um livro extraordinário”.

 

Dessa forma, nós acabamos acreditando que o que nos falta é talento, é capacidade, é inteligência.

 

Se você não se considera muito talentoso, se você acha que você não nasceu com um talento fora do comum, não se preocupe, invista na paixão, na garra, na força de vontade. Treine a sua força de vontade pois ela é como um músculo que pode ser treinado. 

 

Não desistir de terminar aquilo que você começa e cumprir aquilo que você promete é uma forma de exercitar a sua força de vontade, para não parar, para superar a adversidade, os desafios.

 

Vá para cima, não desista, saiba que um não, não é um ponto final é uma vírgula, você pode chegar lá. Não é porque você começou mal que precisa terminar mal.

 

Não é porque o primeiro capítulo da sua história foi uma história de pobreza, foi uma história de dificuldades, foi uma história de maus-tratos, que o último capítulo da sua vida, precisa terminar assim, você pode aprender qualquer coisa se você não desistir e perseverar.

 

Eu, por exemplo, tinha medo de falar em público, é isso mesmo, eu que hoje sou palestrante, tinha medo de falar em público, eu tinha pavor de microfone. Eu aprendi a falar em público.

 

Eu naturalmente tinha talento para matemática e física, sempre fui péssimo em português, sempre tive nota sofríveis em português e hoje eu tenho 12 livros escritos.

 

Você pode dizer “Ah Daniel, foi inspiração, surgiu uma luz e você fez os livros”. Mas não foi fácil assim, foi disciplina e perseverança. O primeiro livro foi difícil, demorou 4 a 5 anos para escrever o segundo já foi um pouco mais fácil e assim eu fui aprendendo e fazendo.

 

Atualmente, se eu quiser, eu escrevo um livro em um mês ou em um mês e meio, ou seja, você pode aprender se tiver disciplina, tiver garra.

 

Se for para escolher entre o talento e a garra, escolha ter garra. Que bom se você tiver os dois e se puder aprimorar o talento e a garra será melhor ainda, mas se for para escolher opte pela garra.

 

Porque pessoas que têm garra são pessoas que chegam, elas podem chegar caindo, elas podem chegar errando, elas podem chegar tendo errado e tendo recomeçado, mas elas chegam.

 

Então, entre o talento e a garra opte pela garra.

Receba
Novidades
Telefone: 41 3024-2445
© 2020 DANIEL GODRI . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.