Daniel Godri Junior
Segunda à sexta 8h30 às 18h
41 3024-2445

Ele também consegue aproximar o público com histórias de tocar o coração o que faz com que suas palestras se tornem momentos inesquecíveis.

Solidariedade e espírito de equipe ajudam no crescimento profissional

Uma pesquisa da University of Plymouth levou alguns voluntários ao pé de uma montanha e pediu que, após a subida, eles estimassem a inclinação e o grau de dificuldade da escalada

Postado em 04/05/2017

Uma pesquisa da University of Plymouth levou alguns voluntários ao pé de uma montanha e pediu que, após a subida, eles estimassem a inclinação e o grau de dificuldade da escalada. As pessoas que subiram sozinhas acharam a escalada mais difícil do que as pessoas que subiram acompanhadas. Com amigos, a estimativa de inclinação ficou 15% menor do que quando sozinhos. 

Esta pesquisa revela algo importante para a vida profissional e que deixamos passar despercebido: amigos, colegas de trabalho, familiares e até mesmo desconhecidos são necessários durante nossa caminhada profissional.

Ninguém vence sozinho. Um time de futebol é bom porque todos os jogadores e membros da equipe técnica dão o melhor de si. Uma empresa tem bons lucros porque os funcionários e colaboradores estão desempenhando um bom trabalho. Mark Zuckerberg precisou de Dustin Moskovitz, Eduardo Saverin e Chris Hughes para fundar o Facebook. Steve Jobs teve a parceria de Mike Markkula e Steve Wosniak no início da Apple. Bill Gates fundou a Microsoft com Paul Allen. O brasileiro Neymar Jr. teve a ajuda de seu pai para chegar onde está.

O bom profissional sabe trabalhar em equipe, dividir trabalho, oferecer e pedir ajuda na hora certa e colaborar com o ambiente de trabalho. Pessoas egoístas ou fechadas demais dificilmente se mantêm por muito tempo em um mesmo lugar e raramente crescem no mercado de trabalho.

Ser solidário, grato e disponível para ajudar o outro faz com que um funcionário seja bem lembrado pelo chefe e também por sua equipe. O McDonalds, por exemplo, recompensa com 25% de aumento em um mês o funcionário que mais se destacou na equipe e todos os colaboradores participam da votação que escolhe o melhor.

O “Destaque do Mês” é o funcionário que, além de executar bem o seu trabalho, foi disponível para ajudar os colegas, buscou soluções para problemas do cotidiano e cativou o gerente com sua pró-atividade.

Na maioria das vezes, o profissional que não tem espírito de equipe não aceita opinião dos colegas, não consegue pedir ajuda, quer resolver todos os problemas sozinhos e se estressa facilmente ao ser incomodado ou por não conseguir o que quer.

Para evitar a contratação deste tipo de pessoa, algumas empresas buscam, por exemplo, por funcionários que tenham experiência com trabalho voluntário ou com atividades extraprofissionais, como as de cunho religioso. Por isso, vale a pena investir nessas atividades para desenvolver em si o espírito de equipe.

Procure também oferecer ajuda aos colegas quando perceber que alguém está com alguma dificuldade, mesmo que você não solucione o problema e tenha que consultar outra pessoa. Busque resolver conflitos simples do seu ambiente de trabalho, como quem vai limpar a mesa do café ou o que fazer para deixar o espaço mais organizado.

Não tenha medo de sugerir mudanças e dar dicas de como melhorar o desempenho da equipe, mas também esteja aberto para receber críticas e sugestões. Quanto mais solidário você for no seu ambiente de trabalho, mais se destacará aos olhos do chefe. Espírito de equipe é essencial para quem almeja um grande cargo porque grandes líderes são aqueles que entendem que não conseguem chegar ao primeiro lugar do pódio sozinhos.

Receba
Novidades
Telefone: 41 3024-2445
© 2017 DANIEL GODRI . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.