Daniel Godri Junior
Segunda à sexta 8h30 às 18h
41 3024-2445

Ele também consegue aproximar o público com histórias de tocar o coração o que faz com que suas palestras se tornem momentos inesquecíveis.

10 Dicas que o ajudarão a Vencer!

por Daniel Godri Junior

Postado em 04/05/2017

1) Tenha Pensamento Positivo.

Erram as pessoas que dizem que o pensamento positivo pode fazer tudo. Erram igualmente as pessoas que acham que ele não pode fazer nada. De fato já é comprovado por inúmeras pesquisas a importância de se pensar melhor. Na Universidade de Yale o Dr. Cole fez uma pesquisa na qual dividiu uma turma de medicina em dois grupos: deu para um grupo pervitin (um estimulante) e para o outro grupo um calmante. O resultado foi o esperado: aqueles que tomaram o estimulante sentiram-se mais entusiasmados, vivos, despertos e até agressivos enquanto que os que tomaram o calmante sentiram-se mais sonolentos, calmos e tranqüilos. Até aí tudo bem, acontece que somente 10% dos medicamentos dados eram verdadeiros.

2) Mantenha Foco Definido.

Saiba que dificilmente você conseguirá fazer muitas coisas diferentes de maneira eficiente. Mantenha um foco definido naquilo que você quer realizar. Isto impedirá que você mude constantemente de objetivos não chegando a lugar nenhum.

3) Perdoe Sempre.

Perdoar é algo importante para a sua saúde. É comprovado que quase 80% dos males físicos têm origem psicossomática. Geralmente mágoas, traições não resolvidas, podem prejudicar nosso corpo. Perdoar não significa admitir que o outro estava certo, ao contrário só perdoamos alguém se aquele alguém nos “deve” algo. Perdoar também não significa cair no mesmo erro novamente. Perdoar é algo que beneficia mais quem está perdoando do que aquele que recebe o perdão.

Quando perdoamos tiramos de nós todas as conseqüências da falta de perdão: gastrite, úlceras nervosas, pressão alta, artrite e até alguns tipos de câncer. Não quero com isto dizer que todas estas doenças sempre tem origem na falta de perdão mas que podem ter.

Saiba que seu “inimigo” ficaria imensamente feliz se soubesse que lhe tira o sono toda a noite, que lhe causa gastrite ou úlcera nervosa. Perdoar de certa maneira é não dar este gosto a ele.

4) Não se preocupe tanto.

Já é comprovado que 99% das coisas que tememos jamais acontecem e ainda que este 1% que acontece não é tão ruim quanto imaginávamos. Existem pessoas “perus”, pois são os perus que morrem na véspera de Natal, estas pessoas sofrem por antecipação, por algo que talvez nunca aconteça. Viva bem o presente, ocupe sua cabeça com bons pensamentos, envolva-se em atividades beneficentes. Saiba que se preocupar não faz, em hipótese alguma, o problema desaparecer ou diminuir. Então, como diria um amigo meu “Se estiver caindo de uma cachoeira, pelo menos aproveite a vista”

5) Pague o Preço do Sucesso.

A mídia geralmente não fala do esforço que atletas, artistas, apresentadores, palestrantes, escritores, enfim que grandes personalidades passaram para chegar onde estão. Existe um preço a pagar para atingir o sucesso. Ou você acha que fazer faculdade à noite, estudar de madrugada, investir em cursos, assistir palestras, comprar revistas, é algo barato e fácil de se fazer.

Ao perguntarem a Oscar Schmidt, o Mão Santa, um dos melhores jogadores de basquete que o Brasil já teve, o que ele fazia para arremessar tão bem a resposta foi simples e direta “Minha mão não é santa, é treinada”. Ou seja, ele pagou o preço. E você ?

6) Assuma o controle de sua vida.

Pessoas bem sucedidas assumem o controle de sua vida. Elas sabem que os fatores externos podem influenciar nosso comportamento mas jamais determiná-lo. É muito fácil quando jogamos sobre o outro a responsabilidade de nossos fracassos. Na psicologia chamamos isto de projeção, ou seja, projetar sobre o outro um erro que é meu. Ajuda um pouco a aliviar a consciência mas colabora também para que eu continue na mediocridade.

7) Faça pequenos esforços diariamente.

Josemaria Escrivá autor do livro Caminho disse algo bem interessante “Viste como ergueram aquele edifício de grandeza imponente? Um tijolo, e outro. Milhares. Mas um a um. E sacos de cimento, um a um. E blocos de pedra, que pouco representam na mole do conjunto. E pedaços de ferro. E operários que trabalham, dia a dia, as mesmas horas... Viste como levantaram aquele edifício de grandeza imponente?... À força de pequenas coisas!” Acho que aqui não preciso dizer mais nada.

8) Diferencie Sucesso e Felicidade.

Sucesso não é felicidade. É verdade que alguém de sucesso pode ser feliz e vice-versa. Mas não necessariamente uma pessoa de sucesso é uma pessoa feliz. Vejamos o exemplo de inúmeros artistas e cantores que estão internados em clinicas de recuperação por terem perdido o sentido de viver. Felicidade é aprender a gostar daquilo que possuímos enquanto que sucesso é possuir aquilo que gostamos.

9) Faça aquilo que você tem habilidade.

Não basta gostar do que faz ou fazer o que gosta. É preciso também ver se sou bom naquilo, se nasci para aquilo. Mesmo sabendo que ninguém nasce pronto e que podemos nos aperfeiçoar é importante perceber se temos uma tendência para aquilo que desejamos. Quero ser um cantor mas sou completamente desafinado? Quem sabe seja melhor rever este sonho.

10) Deseje o que você faz e faça o que deseja!

Gostar do que faz ou fazer o que deseja é algo importante para o sucesso. Isto porque quem faz o que gosta ou gosta do que faz nunca trabalha. Ou melhor, não considera o trabalho como “trabalho” mas sim como uma aventura, um desafio, algo agradável. Uma pesquisa mostrou que pessoas que fazem o que gostam tem mais chances de enriquecer do que quem não gosta.

Receba
Novidades
Telefone: 41 3024-2445
© 2017 DANIEL GODRI . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.