Daniel Godri Junior
Segunda à sexta 8h30 às 18h
41 3024-2445

Ele também consegue aproximar o público com histórias de tocar o coração o que faz com que suas palestras se tornem momentos inesquecíveis.

Fazer um bom negócio é bom, ter a sensação de ter feito a coisa certa é melhor ainda!

por Daniel Godri Junior

Postado em 04/05/2017

Você algum dia já deve ter vendido algo que anunciou por um preço que achava justo, coerente com o preço de mercado e prontamente alguém veio e comprou este produto.

Não sei quanto a você mas muitos já sentiram a sensação de que se venderam tão rápido devem ter feito um mal negócio, não é mesmo? De fato, muitas vezes mesmo tendo feito um excelente negócio podemos ficar com a impressão errada de que fizemos um mau negócio.

A experiência de compra não envolve somente uma análise racional das coisas. O ato de comprar lida muito com o lado sensível e emocional. Por este motivo pequenos detalhes que irritam o cliente acabam com a percepção de uma boa compra ou venda mesmo que racionalmente o preço seja bom, as condições de pagamento favoráveis e o produto seja adequado.

Especialistas de varejo fizeram uma experiência demonstrando que é mais importante para o cliente ter a sensação de realizar um bom negócio do que fazer um bom negócio efetivamente.

Chegaram a esta conclusão quando colocaram em uma loja de varejo produtos que diziam estar em uma grande promoção por um preço quase similar ao preço de venda. O resultado é que as pessoas compravam como se estivessem realizando um grande negócio. Evidentemente dizer que algo está em promoção quando não está fere princípios éticos mas o importante aqui é mostrar que a experiência de compra é tão importante quanto o valor monetário pago pela mesma.

Outra experiência demonstrou que pessoas que não são bem atendidas, que demoram para encontrar seus produtos, que não encontram pessoas disponíveis e prontas para atendê-las geralmente acham que pagaram caro demais por um produto ou serviço mesmo que este produto ou serviço tenha um preço igual a outras lojas. Ou seja, um mau atendimento pode dar a impressão que pagamos caro demais por um produto ou serviço.

Tive esta experiência numa viagem internacional que fiz. A comida era boa, o ambiente também mas o serviço era péssimo. Achei que paguei caro demais por aquele jantar. Mais tarde ao refletir percebi que a comida era boa e que se o atendimento fosse bom estaria disposto a pagar o preço que me cobraram e até a voltar a comer naquele lugar.

Experiência de compra é importantíssima no varejo, por isso existem cadeias varejistas que vendem mais por permitirem que o cliente prove ou experimente o produto. Uma rede de lojas de artigos esportivos, por exemplo, tem uma pequena cesta de basquete montada dentro da loja para o cliente se divertir enquanto compra. Outra rede de mercados americana famosíssima, que possui o maior faturamento por metro quadrado, permite que as pessoas escolham os morangos que querem comprar e disponibilizam gratuitamente os produtos para degustação.

Lojas de bijuterias que não permitem que os clientes toque e provem as peças vendem cerca de 65% menos que outras lojas do mesmo ramo que permitem que os clientes sintam os produtos antes de comprá-lo.

Acredito que agora você entende porque muitas empresas permitem que você adquira alguns produtos para experimentá-los por um tempo determinado para depois adquiri-los. 

Receba
Novidades
Telefone: 41 3024-2445
© 2017 DANIEL GODRI . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.