Daniel Godri Junior
Segunda à sexta 8h30 às 18h
41 3024-2445

Ele também consegue aproximar o público com histórias de tocar o coração o que faz com que suas palestras se tornem momentos inesquecíveis.

Como Criar oportunidades e aproveitar as que aparecem?

A vida está cheia de oportunidades

Postado em 04/05/2017

A vida está cheia de oportunidades. No entanto, nem todos percebem isso. Alguns deixam oportunidades maravilhosas escapar por entre suas mãos e até sem perceber. Aqui vão algumas dicas para criar oportunidades e para aproveitar as oportunidades que batem à porta:

a) Evite o preciosismo – Nada pior que um atacante de futebol que dentro da pequena área dribla, faz bonito, tem um ótimo domínio de bola mas pelo seu preciosismo não chuta no gol na hora devida e perde a oportunidade. Também na vida pessoal e nos negócios isto acontece. Explico: alguns esperam que tudo esteja perfeitamente bem para chutar no gol. Esperam aquele momento perfeito aparecer para fazerem algo. E como raramente todas as coisas estão perfeitamente bem deixam oportunidades claras escorrerem pelos dedos.

b) Algumas portas somente se abrem à medida que andamos – Tenho uma loja num shopping center da minha cidade. Entrei em contato com uma pessoa que trabalhava com uma linha interessante de artesanato. Fui até ela e disse que precisava de algumas peças para analisar e que, se gostasse, passaria a comprar um valor considerável todos os meses. Resultado? Ela nunca me entregou o mostruário e quem sabe esteja reclamando da crise mundial e da falta de oportunidades do país

c) Um trabalho mal feito fecha oportunidades – Contratei um marceneiro para realizar um pequeno reparo aqui em casa e para fazer uma prateleira na cozinha. Até cai na besteira de pagar metade adiantado. O homem nunca mais voltou e por ficar com uma quantia irrisória de 90 reais perdeu a oportunidade de vender um móvel que comprei em seguida de outro fornecedor por R$ 4.000,00.

d) Se alguém lhe prometeu algo, agarre com unhas e dentes – Se alguém lhe prometeu algo, uma oportunidade ou coisa parecida corra atrás rapidamente. Isto mostrará que você está interessado e você não correrá o risco da pessoa mudar de opinião.

e) Esteja na vitrine – Acredite: até de uma falência podemos abrir oportunidades. Aprendemos como não fazer muitas coisas, aprendemos coisas que só aprenderíamos se tivéssemos nos lançado e arriscado. É bem provável que depois de alguns fracassos tenhamos sucesso e este sucesso compense financeiramente todos os fracassos anteriores.

f) Esteja preparado – Sabe aquele curso de inglês? Aquele curso de computação? Espanhol? Seminário de gestão? Pois é, muitas vezes perdemos oportunidades preciosas porque preferimos ficar estagnados na nossa formação enquanto outros continuam se aperfeiçoando.

g) Temos medo de tentar e do que os outros vão pensar – Ai mas se der errado, ai mas o que os outros vão pensar, ai mas eu já fui diretor de tal e agora começar de tão baixo. Alguns não criam oportunidades por medo do que os outros vão pensar. Que bom que Silvio Santos não teve vergonha de vender latinhas de cerveja na rua, que um médico não teve vergonha de assumir a padaria do pai falecido vindo a formar a maior rede de fast food árabe do mundo.

h) Acho que não vai dar certo – Achologia é a ciência do século. “Não adianta tentar. Isto não é para você! Acho que nunca vão lhe aceitar.” Não dê ouvidos àquilo que as pessoas acham. Tente mesmo que não funcione.

i) Cultive relacionamentos – 50% dos negócios mundiais são feitos com amigos. Então não é preciso dizer que não adianta ter uma excelente formação sem conhecer outras pessoas. Acredite: você tem mais chances de ser contratado quando conhece muitas pessoas.

j) Cultive a percepção, a criatividade e o otimismo - Estas três ferramentas são imprescindíveis para enxergarmos a oportunidade. Faça cursos e leia coisas para o desenvolvimento destas áreas.

Então é isso, espero que tenhas gostado deste artigo e que este trabalho abra oportunidades para você e, por que não, para mim! 

Receba
Novidades
Telefone: 41 3024-2445
© 2017 DANIEL GODRI . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.